Oriental e Farense encontraram-se no Campo Eng.º Carlos Salema para 10.ª jornada da Segunda Liga com a vitória a sorrir à formação algarvia por 1-3. Depois de uma primeira parte equilibrada em que as melhores ocasiões até foram do Oriental, o Farense impôs a sua eficácia no segundo tempo e levou a melhor face a um conjunto de Guerreiros que nunca deixaram de lutar. 

O Oriental entrou mais forte no jogo e criou a primeira situação de perigo logo aos 7 minutos com Bernardo Vasconcelos a atirar por cima num pontapé de ressaca à entrada da área. À passagem do primeiro quarto de hora do encontro o conjunto grená e branco voltou a agitar as bancadas por intermédio de Tom que na marcação de um livre lateral obrigou o guardião Bento a defesa a punhos, perante que um Farense que, apostado em jogar em contra-ataque, fez o seu primeiro remate aos 16' por Harramiz após distração da defensiva orientalista. 

 
 
 

Ainda antes do intervalo Bernardo Vasconcelos conduziu o esférico pelo miolo do terreno e abriu para Firmino na esquerda mas a finalização do camisola 17 esbarrou num desfio providencial de um defensor algarvio antes de terminar nas mãos de Bento, impedindo desta forma o golo que concederia alguma justiça ao marcador à chegada do descanso intermédio.

Na etapa complementar o contexto do jogo alterou-se por completo em prejuízo do Oriental. O Farense subiu ao relvado com mais intensidade e aos 52 minutos colheu os frutos com o contra-ataque conduzido por Leonço a ser concluído com êxito à entrada da área por Harramiz. A turma algarvia moralizou-se com a vantagem e perante alguma passividade da defensiva da casa rapidamente chegou ao 0-2 através de Loureiro (59'), pouco antes de Bernardo Vasconcelos ser derrubado dentro da área por Diogo Silva num lance em que o árbitro Hugo Miguel vislumbrou uma falta ofensiva do camisola 5 orientalista (60'). 

O início da segunda parte decorreu a ritmo elevado e pouco depois Leonço voltou a fazer balançar as redes da baliza de Mota (62'), mas nem a amplitude da desvantagem permitiu que os Guerreiros de Marvila baixassem os braços numa atitude combativa que se traduziu no golo solitário de cabeça Bernardo Vasconcelos aos 78' após cruzamento de Hugo Firmino. 

Com este resultado o Oriental mantém-se na zona de despromoção com 8 pontos conquistados, os mesmos que tinha na época passada ao fim das 10 primeiras jornadas. O campeonato sofre agora uma paragem prolongada e o próximo jogo do Oriental está agendado apenas para dia 18 de Outubro no Estádio Pina Manique frente ao Casa Pia para a 3.ª Eliminatória da Taça de Portugal.