É mesmo verdade: a Páscoa não faz o Campeonato de Portugal parar e o jogo disputado no sábado, 31 de Março, às 15h00 em Marvila marca a receção do Oriental ao Louletano, duas equipas em excelentes momentos de forma que prometem proporcionar um grande espetáculo de futebol. Do lado do Oriental é bem conhecida a brilhante campanha dos pupilos de António Pereira, autênticos Guerreiros que têm superado todas as expectativas e já se situam, isolados, no terceiro lugar da tabela classificativa a apenas três pontos do segundo posto ocupado pelo Olhanense. Já o Louletano cresceu a olhos vistos a partir da segunda volta e nos últimos nove jogos conquistou nada mais nada menos que sete vitórias (!) e dois empates, obtendo o segundo melhor registo pontual da série neste período superado apenas pelo líder Farense.

Os dados estão lançados mas muito há para dizer acerca deste duelo entre duas das melhores equipas do nosso campeonato. O encontro da primeira volta disputado no Estádio do Algarve que terminou com a vitória do Oriental por 1-0 com golo de Bura marcou então a estreia do treinador Fernando Pires ao leme dos destinos da formação algarvia. O começo do técnico português mais conhecido por Fanã não foi o melhor mas rapidamente a formação de Loulé progrediu e cumpridos mais 14 jogos desde então a equipa somou oito vitórias, sete das quais conquistadas nas últimas nove partidas. Então o que mudou? É difícil explicar. Na verdade, os jogadores que compõem o onze titular atualmente já faziam parte da equipa no início da temporada, sendo que o grosso das alterações aconteceu ao nível dos posicionamentos individuais e das dinâmicas de jogo.

O técnico Fernando Pires tem um onze-tipo bem definido e que dá a cara sem alterações em quase todas as batalhas. O dono da baliza é Bruno Lúcio, o quarteto defensivo é composto da direita para a esquerda por Matchu, Pedro Machado, Thales e Lucas, o trio do meio campo ganha forma com Guilherme Morais, China e Hugo Faria e na frente de ataque progridem Rodrigo Vilela pela esquerda, Gonçalo Teixeira pela ala contrária e o argentino San Martín como ponta-de-lança. Este esquema de 4x3x3 tem muito da sua essência vencedora na qualidade técnica dos médios mais ofensivos, China e Hugo Faria, e também na verticalidade e capacidade de finalização dos dois extremos, para além da referência atacante que é o melhor marcador da equipa com nove golos, San Martín. Fanã terá contudo duas contrariedades para esta partida: Hugo Faria e o central Thales vão falhar o jogo por castigo, desfalcando o setor intermédio de uma das suas peças chave e também fragilizando o centro da defesa que, já por si, parece ser o setor mais débil da equipa algarvia.

E quanto ao Oriental, o que dizer? No início da temporada parecia impensável que a quatro jornadas do final do Campeonato o conjunto grená e branco estivesse a disputar… o segundo lugar! Falamos de um registo classificativo soberbo, mas não só. Podemos observar também um ilustre desconhecido como Bura ser o melhor marcador da equipa com oito golos e um dos melhores trincos de todo o Campeonato de Portugal (quem o vê jogar sabe do que estamos a falar), o potenciar de jovens talentos como Chico que na sua época de estreia como sénior leva já 21 jogos realizados e três golos marcados, ou a fé inabalável de atletas já veteranos como Sandro Luiz, Marco Bicho, Laurindo e Hugo Machado que continuam a dar tudo o que têm em cada minuto de jogo em prol da defesa das nossas cores com a classe que os caracteriza. Se há dúvidas, basta ver o golaço de Hugo Machado na vitória do último fim-de-semana sobre o Almancilense.

O trabalho árduo realizado diariamente pelos Guerreiros de Marvila é meio caminho andado para o sucesso, mas neste sábado o encontro será de dificuldade máxima frente a um Louletano moralizado por ter alcançado na última jornada a manutenção matemática no Campeonato de Portugal. Só com a humildade e capacidade de sacrifício habituais será possível alcançar os três pontos e, como habitual, a presença da família orientalista no Campo Eng.º Carlos Salema será um incentivo fundamental para os nossos jogadores. Contamos com o teu apoio! #VamosCOL